[Resenha]: Luxúria - Eve Berlin

20 de dezembro de 2014


Título: Luxúria
Autora: Eve Berlin
Editora: Leya
Páginas: 256
Ano: 2012

Sinopse 
Se você não for ao limite, como saberá até onde pode ir? Quando Dylan Ivory, escritora de romances eróticos, recebe o contato de Alec Walker, nem imagina o quanto esse homem pode mexer com seus pensamentos. Conhecido por ser um famoso dominador em relações sadistas e sadomasoquistas, Alec tenta convencer Dylan de que a melhor forma de se aprofundar no assunto - e então escrever um livro o mais próximo possível da realidade - é viver uma experiência como submissa e sentir na pele a sensação desse tipo de relação. Para Dylan, essa proposta será difícil de ser aceita - uma vez que ela é fanática por ter o controle de tudo em sua vida. Embalados por um misto de prazer e apreensão, o casal se vê em uma situação tentadora enquanto evitam entregarem-se ao sentimento que nasce entre eles. Primeiro romance da trilogia erótica de Eve Berlin, Luxúria traz uma história envolvente carregada de desejo e amor em que cada limite superado revela sensações ainda mais prazerosas.






    Dylan é escritora de romances eróticos e ser escritora, esse espaço da leitura meio que a define, pois sua melhor amiga é escritora, os seus contatos são direcionados por esse universo. (Por isso achei meio “paradão”).
     Quando estava pesquisando sobre o sadomasoquismo para que o seu romance fosse mais real, então teve a ideia de agendar uma entrevista com um dominador, por indicação de uma submissa a qual ela tinha contato. Mas nesse encontro recebeu uma proposta para virar uma submissa, fazer um estudo de campo e conhecer através da experiência. Como se considerava uma pessoa de mente aberta e por ter algumas experiências sexuais diferentes resolveu aceita o desafio mas acreditava que Alec não iria conseguir domina-la pois se considerava mais para o papel de dominante do que de submissa e caso ele falhasse os papeis se inverteria.

       E nesse processo de dominante e submissa eles começam a se questionar sobre suas vidas, como têm vivido até hoje e como lidam com os relacionamentos e as pessoas envolvidas. Não consegui não parar de compara o relacionamento deles com o de Ana e Grey, sem falar que os dois tanto Grey como Alec são MA-RA-VI-LHO-SOS.
       Não sou do tipo que julga um livro pela capa, mas se fosse não leria esse livro (E não tem nada haver com a história). O inicio é meio parado, mas gostei dele como um todo. E também fiquei na dúvida e ficava me perguntando se em algum momento tinha alguma coisa da autora na personagem principal, se ela já tinha vivido ou feito alguma pesquisa nesse sentido (risos).


 


Próximo livro da Trilogia
Em breve...







2 comentários:

  1. Eu geralmente fico curiosa com esse tipo de livro , mas prefiro acreditar na sua resenha quando disse que o livro é parado hahahaha Geralmente essa categoria tenta prendar a gente nas partes éroticas e esquecem o desenvolvimento da história ... Parabéns pelo Blog é lindo !

    ResponderExcluir
  2. Vai melhorando no meio do livro... ha ha ha

    Obrigada pela visita!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.