[Entrevistando o Autor]: Dêner B. Lopes 2#

13 de outubro de 2015

Entrevista com Autor Parceiro
(Bate – Papo no Divã 2#)

15.   Como se tornou escritor?
Eu comecei a escrever pra esvaziar um pouco a cabeça de problemas e tudo, e deu certo, mas fui vendo que criar histórias era tão, tão bom! Hoje em dia minha cabeça explode com ideias, mas ficam bem guardadas para serem usadas na hora certa.
16.  Quando descobriu que queria escrever?
De onde surgiu a ideia de um Livro? Eu tava vendo um filme e descobri que era baseado em um livro. Me inspirei a partir dali.
17.   Qual sua percepção ao escrever? 
Ah, eu me transporto para aquele mundo. Eu realmente saio de órbita. É maravilhoso.
18.   Quanto tempo demorou a escrever seu primeiro Livro? 
Meu primeiro livro eu escrevi em 10 meses. É um calhamaço que não pretendo publicar tão cedo
19.   Em questão da publicação de seu primeiro livro: O que foi mais difícil desde a obra pronta até seu Lançamento? 

Fazer com que ela chegasse ao leitor, com que os leitores soubessem da existência dele. Felizmente deu e está dando muito certo.
20. Que meios você usou para divulgar a sua obra? 
Grupos de leitores e blogs e canais de literatura no Youtube
21. Ainda hoje, encontra dificuldade em publicar seus livros? 
Hoje não. Nenhuma. Na verdade, com o "sucesso" do Cidades-Mortas, várias portas estão se abrindo.
22. Qual o seu maior sonho? 
Ter muito dinheiro para comprar uma fazenda e construir um canil para levar todos os cachorros abandonados para lá.
23. Em “Os pedidos perpétuos de Kalahan, o Rei”, Kalahan faz o que muitos já sonhamos em fazer (pedidos compulsivos e por fim pedir mais três pedidos). Se você pudesse fazer três pedidos, somente três, quais seriam? 
Boa pergunta. Bem, pediria que todo animal de rua fosse adotado e tratado com carinho por seu dono, que meus livros pudessem alcançar altos índices de leitores (não necessariamente vendas) e que houvesse paz no mundo.
24. Como você vê a parceria com blogs? 
EU adoro. Blogueiros são melhores amigos do escritor. eles que divulgam e mostram o trabalho do escritor para o grupo de leitores que os companha.
25. O que inspirou os personagens? São inspirados em pessoas reais? 
Alguns são. Mas não totalmente. Mas por características físicas. Personagem é uma coisa difícil de fazer bem, mas quando fazemos, é só festa. (risos)
26. O que inspirou os nomes? 
Depende do livro. Do Cidades-Mortas por exemplo foram ex participantes de reality show que já houveram no Brasil. Foi meio que referência, pelo fato de Cidades-Mortas ter ao centro um reality show brutal
27. Das suas obras, qual seu personagem favorito? Por quê? 
Arthur Noah, porque ele é tudo o que eu sou e tudo o que eu almejo ser. Ele é demais
28. O que mais lhe chama a atenção em suas obras? 
Como leitor, o fato de eu perceber que evoluí bastante com o tempo
29. O que acha dos escritores atuais? E os mais antigos? 
Leio mais livros contemporâneos que clássicos, mas todos têm seu valor.
30. Qual livro recomendaria aos seus Leitores? Por quê? 
Preciso te contar um segredo, do M. S. Alves. Muito bom
31. Ouvi rumores de que Cidades Mortas teria continuação, é verdade
Sim. confirmadíssimo. Será Aissur. Sairá em poucos meses.


                                              

32. Mais alguma obra pronta para ser publicada? 
Nesse mês lança a antologia de poesia contemporânea da Chiado Editora, que participo com uma poesia. E em janeiro lança a antologia Phantasia, que sou o organizador, pela Editora Venus.

33. Um recado para os leitores?

Leiam, de tudo, sem preconceito. Saia do conforto e se 
arrisque a ler coisas diferentes. Você pode se surpreender.

14 comentários:

  1. Oie! Tudo bem?

    Não conhecia o autor... E gostei muito da entrevista! Achei ele bem objetivo, coisa que gosto muito. Não tenho saco para entrevistas com enrolação, rsrs. Concordo com muita coisa que ele disse... Principalmente sobre ler sem preconceitos. Depois que comecei a sair da minha zona de conforto, comecei a ver o mundo de outra maneira. O universo literário é lindo!

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  2. nossa, a fonte de teu blog é muito pequena, foi uma tortura ler a entrevista...
    Eu também sonho em ter, não uma fazenda, mas uma casa na roça, com muitos bichos... :D

    ResponderExcluir
  3. Oie!!
    Não conhecia o livro e nem o autor mas, fiquei bastante curiosa para conhecer o livro dele e o estilo de escrita.
    Adorei a entrevista.
    Parabéns!!
    ;**

    ResponderExcluir
  4. Olá, acredita que eu não conhecia o autor? adorei conhecer sobre ele através dessa entrevista, é bom saber que hoje em dia ele não encontra dificuldade em publicar pois o mercado editorial atualmente está bem seletivo, quero ler algum livro dele o quanto antes, fiquei bem interessada

    ResponderExcluir
  5. gostei da entrevista alem do escritor ser muito simpatico,eu ainda não tinha conhcidop nenhuma de suas obras mas vai ser um prazer ler.

    ResponderExcluir
  6. Adoro entrevistas com autores porque gosto muito de conhecer os bastidores da obras, sabe? E esse em especial, que eu até agora não conhecia, me deixou curiosa! :)

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia o autor nem os livros mas gostei muito.
    Amo essas entrevista elas nos aproximam dos escritores, e o recado dele para os leitores é o melhor.
    Desde que sai da minha zona de conforto e comecei ler outros gêneros literários descobri histórias e escritores maravilhosos.

    Coração Leitor

    ResponderExcluir
  8. Adoro entrevistas! <3
    Não conhecia o autor. Fiquei interessada por suas obras, vou dar uma procurada para saber melhor do que se tratam e, quem sabe, entrarem na lista de leitura! :D

    Infinitos Livros

    ResponderExcluir
  9. adorei os sonhos dele, de querer ajudar os bichinhos ^^
    Sucesso ao autor. Não conhecia seu trabalho... E fiquei curiosa com as antologias que estão para ser publicadas :D
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Oie!
    Eu não conhecia o autor e achei ele mega direto nas respostas, gosto de gente direta!! E o sonho dele em querer ajudar os animais de rua é muito lindo *-----*
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  11. Olha só, ainda não conhecia o autor, fiquei curiosa para conferir as obras dele. Quem sabe em breve! Ficarei esperando para saber mais sobre ele.

    umreinomuitodistante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Adorei o autor, que não conhecia. Bem direto e fala muito bem, deve escrever melhor ainda. Fiquei curiosa para suas obras.

    ResponderExcluir
  13. Não conhecia o autor amei conhece-lo, tbm não conhecia a obra dele e me deixou curiosa, espero ter a oportunidade de ler e amei o recado dele a nós leitores, sair do conforto é o que mais tenho feito haha
    http://marifriend.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Muito interessante a entrevista, achei as respostas muito informativas e adorei a capa do segundo livro de Cidades-Mortas, bem melhor e mais bonita do que a do primeiro, devo confessar! Adorei!!

    Abraços e até!

    lendoferozmente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.