[Resenha]: O Quarto do Sonho - Renata Dias

26 de dezembro de 2015




Olá Lindos do Divã!

Depois de tanto tempo pensando como escrever e falar desse livro. Eu conseguir fazer a postagem para vocês... 

  





Título: O quarto do sonho 
Autora: Renata Dias 
Editora: Novo Século 
Páginas: 352 
Ano: 2014 

Assunto: Ficção; Literatura brasileira 



Sinopse 


Gabe é um estudante de psicologia que levava uma vida acomodada e sem grandes expectativas, principalmente no campo sentimental, e que, após ser confrontado pela irmã, permitiu entregar-se a uma viagem onde pôde vivenciar aventuras, situações inusitadas dentro do consultório e na vida pessoal. O livro retrata sua relação com a primeira namorada, experiências em um relacionamento com uma mulher que é completamente o oposto dele e que propiciou a realização de fantasias e, assim, a descoberta de um homem mais intenso e liberto. O quarto do sonho é um livro com linguagem de fácil entendimento, recheado de cenas calientes e detalhadamente explícitas... Permita-se experimentar esse sonho e desvendar os seus desejos reais!!!





     O quarto do sonho conta a história de Gabe, que vive sua vida pacatamente, sem se arriscar muito e também sem se apegar. Ainda em sua zona de conforto escolheu estudar psicologia, visto que se interessava muito pelo assunto e se considerava um sujeito muito bom em analisar o comportamento humano e confiável. Alguns dias antes de se formar, teve uma briga com sua irmã mais velha decidir embarcar em uma viajem para o exterior onde ganhou uma bolsa de estudos para uma pós em Los Angeles assim se afastou da proteção de seus pais e poderia assim vivenciar novas conquistas.

" Há muito mais vida lá fora e você está aqui... E o pior de tudo, você está aprisionado aos seus próprios medos. Amar fere e assumir - se quem é verdadeiramente também. "

    Quando, embarcou nessa nova aventura no exterior pensava passar somente o tempo da especialização, mas gostou tanto que acabou resolvendo morar lá. Fez mestrado, doutorado e abriu o seu consultório. Podemos dizer que a psicologia é muito ampla e tem muitas áreas e abordagens. Gabe sempre se identificou com a psicanálise e escolheu atuar na área clínica.
      Durante esse tempo em que ele estava estudando morou em republicas, mas sempre se sentiu incomodado em dividir o seu espaço pessoal com várias pessoas e então tomou a decisão que mudaria sua vida. Gabe resolveu que iria buscar um lugar com mais privacidade e buscou anúncios de aluguel. É foi através de um anúncio que ele conheceu a Claire e acabou dividindo o apartamento com ela, o que ele não sabia era que essa mudança desencadearia muitas outras.  
     O livro é narrado em primeira pessoa, dessa forma podemos ver todas as características emocionais e pensamentos de Gabe, bem como podemos também acompanhar o seu crescimento e principalmente os questionamentos que Gabe se fez, que o auxiliou e permitiu que ele mudasse ou pelo menos que o auxílio nesse processo de autoconhecimento. Ao longo do livro podemos fazer várias descobertas junto com o personagem o que não seria possível se o livro fosse narrado em terceira pessoa.
      Gabe-nos conta sua história de uma maneira estimulante que vai desde o seu passado e suas experiências na adolescência como as experiências que está vivenciando no presente.
     A história me surpreendeu muito e conseguiu retratar muito bem as questões que envolvem ser um psicólogo. A autora conseguiu faz com que nós identificássemos com o Gabe, visto que, apesar de ser um personagem de um livro ele é muito humano e nos faz avaliamos as nossas próprias questões e dificuldades.
     Confesso que me apeguei muito ao Gabe, mas não sei explicar o motivo, não se foi por causa de ele eu ter a mesma profissão ou por simplesmente me identificar com ele! 
      A cada aprendizado e conquista de Gabe eu ficava tão feliz, pois em poucos livros eu puder ver realmente um crescimento real em um personagem e também me fazia questionar a capacidade desmedida de fantasiar da autora e não só isso, mas também sua capacidade de reflexão sobre a vida que são poucos que tem.






" Tenho que admitir, o mundo das fantasias era um mundo impenetrável na minha concepção de vida. "


" Ps: Seu sorriso é lindo. Use-o mais vezes! "


" Espero que você aproveite a vida e se permita ser feliz de verdade "


" Os opostos se atraem, mas não se completam. O que completa a gente são as coincidências, as afinidades, os interesses em comum, curtir coisas parecidas e principalmente, saber respeitar o direito de ir e vir do outro. "







Um comentário:

  1. te desejo um excelente ano e que seus objetivos se realizem... abs


    Raphael
    odebatenerd.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.