Resenha | Sentinela (Crônicas de Táiran - Os Guardiões Livro 1) – Thais Lopes

19 de março de 2016

Olá, queridos leitores!


Hoje o post é uma resenha do livro Sentinela. Que é uma ficção científica que pode ser considerada Star Wars brasileiro. 

Por isso, amantes de Guerra nas Estrelas e outras aventuras galácticas esse livro foi feito para vocês.







Título: Sentinela 
Autora: Thais Lopes 
Editora: Senhor da Lenda 
Páginas: 299 
Ano: 2015
Assunto: Ficção Científica/ Romance



           Sinopse 

 Desde sua criação, ninguém atravessara os portões do Reino C'erit. Ninguém sabia o que acontecia por trás deles, ou qual havia sido o destino das pessoas que, tempos atrás, haviam se isolado ali para construir um novo lar. Por isto, até mesmo os Guardiões se surpreendem com a chegada de uma mensagem. Quando a Arqui-Guardiã Aíla é enviada em resposta ao chamado, ela não faz ideia do que vai encontrar. Mas nem mesmo uma vida inteira na cidade-fortaleza dos Guardiões poderia prepará-la para o que precisará enfrentar: traição, uma nova ameaça à Ordem, e um homem capaz de abalá-la.










         
      Sentinela nós apresenta um novo mundo onde podemos ver diversas raças, com tecnologia que nunca vimos antes, também muito avançada, mas também temos aqueles que são responsáveis por manter a paz entre os povos e nessa luta para manter a paz temos muita ação e aventuras. 
     Aíla que é uma Tairi’alen e também uma Arqui- Guardiã. Os guardiões recebem um chamado da cidade dos C’erit, e enviam a Arqui - Guardião para atender ao pedido de um socorro urgente, pois o mais forte dos guardiões o Arqui - Guardião Aldaron Tairán ainda não tinha retornado da sua missão.  O Reino dos C'erit é muito bem protegido e quando Aíla consegue adentrar logo e encontrada por guardas e levada até o rei dos C’erit Ithar Kai e depois de muita conversa ela consegue descobrir o que aconteceu. Seu filho Edel foi sequestrado pelos airenis, que vivem em outro lugar/planeta distante sem contato com os Guardiões e nem com os C’erits. Kai conta que a babá que estava com ele enviou um pedido de ajuda, porém o menino foi levado pelos Airenis.
          Aíla o ouve com cautela e acredita em suas palavras e se dispõem para ajudar no resgate do garoto, por estar cansada da viagem o rei solicita um quatro para ela.
            O Rei Ithar Kai recebe uma "mensagem de resgate" e Aíla descobre que quem está por trás desse sequestro e nada mesmo que um antigo inimigo a quem ela prometeu vingança.





 Demorei a começar a ler, visto que tinha muito medo do que encontraria e assim comecei a leitura tentando não me apegar a ninguém e a cada já prevendo um desastre diferente. Mas me surpreende já que não foi esse terror todo, mas realmente o livro tem muitas mortes e muito sangue, no entanto, também muita emoção e aventura. Já ia me esquecendo de que o livro também tem um romance que nem os amantes de terror e aventura podem colocar defeito, e para aqueles que adoram romances vão ter mais um casal para shippar e se apaixonar junto.
A personagem principal tem características marcantes, com personalidade forte, nada frágil e que sabem lutar. O que é uma marca da autora escrever personagens femininas fortes e nem um pouco delicadas e por isso tem um charme a mais e uma aura de poder.



Comecei a leitura dia 27/09/15 e terminei dia 03/10/15. Fiquei muito empolgada para conversar com a autora e fazer seis perguntas que me deixaram curiosa sobre a história.
Até que, eu vi uma foto dizendo que são quatro livros e este é o primeiro deles. Então entendido perfeitamente o porquê das minhas respostas ainda não estarem respondidas.
Recomendo esse livro sim, pois é muito bom. A história é empolgante, cheia de ação e você não vai quer mais largá-lo. As personagens são bem construídas e cada uma tem seu papel na história.



Espero que gostem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.