[Entrevistando a Autora]: Kell Teixeira 2#

3 de abril de 2016

(Bate – Papo no Divã 2#)

Olá lindos do Divã,

Hoje temos a última parte da entrevista com a autora Kell Teixeira. E gostaria de aproveitar e desejar um Feliz Aniversário para ela, pois nada mais merecido do que homenagear uma pessoa especial...

Kell sempre estarei torcendo para que tenha uma vida inteira de realizações e que você consiga todas as coisas que seu coração deseja!



1.      Qual sua percepção ao escrever? 
Em relação ao livro foi a mudança de visão das pessoas, em sua maioria elas captaram a mensagem, e isso é gratificante, muito...

2.      Quanto tempo demorou a escrever seu primeiro Livro?
A história já estava em mim, digamos assim, ela apenas precisava ser passada para o papel, esse tempo foi de seis meses, mas o processo para se chegar as mãos dos leitores em e-book, foi um ano.

3.      Tem algum ritual ou mania para escrever? Qual? 
Escrevo sempre quando estou sozinha e com os fones conectados aos ouvidos, sempre tem música. Rsrs.


4.      Em questão da publicação de seu primeiro livro: O que foi mais difícil desde a obra pronta até seu Lançamento? 
Todo o processo em si é dificultoso, mas acredito que o maior seja ter sua obra aceita por uma editora.

5.      Ainda hoje, encontra dificuldade em publicar seus livros?
Tudo para mim foi novidade, mas creio que as plataformas on-line ajudam muito, através delas o autor consegue mais visibilidade. O engraçado é que eu enviei para editoras quando estava o postando no wattpad, então foi meio que no mesmo tempo.

6.      Como você ver a parceria com blogs?
Essencial, a publicidade é essencial, e ter parcerias com blogs é uma benção para nós, novos autores.

7.      O que inspirou os personagens? São inspirados em pessoas reais?
Sim, amigos, inclusive que já morreram.

8.       O que inspirou os nomes?
É meio louco isso, mas eu geralmente tenho a ideia e me prendo a ela, os nomes surgiram em minha mente e pronto, simples assim.

9.      Das suas obras, qual seu personagem favorito? Por quê? 
Teve um em especial, a Jayde, eu realmente gosto dela apesar de não ser a principal, sua história de vida. Maycon também está entre os favoritos.

10.  O que mais lhe chama a atenção em suas obras? 
A realidade, ao contrário dos romances no geral, eu tento mostrar a valorização do eu. Nunca consegui criar personagens perfeitos, na verdade todos eles são opostos a perfeição, gosto do identificável. Eles são assim, penso eu, claro, rsrs.

11.  O que acha dos escritores atuais? E os mais antigos?
A escrita evoluiu e muito, hoje os livros em sua maioria possuem um linguajar claro, o que atrai mais ainda os leitores, contudo clássicos são clássicos, eles tem um lugar no meu coração.

12.  Qual livro recomendaria aos seus Leitores? Por quê?
Depois daquela viagem. O livro desvenda o vírus da AIDS e mostra claramente como foi a descoberta da autora em ser soro positivo e como isso impactou sua vida.

13.  Um recado para os leitores?
Vou deixar uma frase do livro, eu realmente amo ela e espero que possuam gostar também.

"Porque ainda que seja árduo, nunca é alto o preço a se pagar pelo privilegio de pertencer a si mesmo."




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.